culto de bebê


1- A Sombrinha: (Proteção) 

serve para proteger da chuva ou do sol. A criança também é protegida pelos pais, os pais fazem de tudo para proteger seus filhos, aconteceu assim com Moisés; Êxodo 2:3 e 4
“Não podendo, porém, escondê-lo por mais tempo, tomou um cesto de junco, calafetou-o com betume e piche e, pondo nele o menino, largou-o no carriçal à beira do rio. A irmã do menino ficou de longe, para observar o que iria acontecer.”
Faraó pensava que poupando as meninas e mandando matar os meninos, não iria ter problema com o povo de Israel, mas foi uma menina que frustrou os planos de Faraó protegendo o menino que salvaria o povo de Israel do Egito. Pais que tem a sabedoria de Deus protegem seus filhos. Que todo bebê possa ser protegido por seus pais.



2- A Mamadeira: (Oração) 
serve para alimentar o bebê, o primeiro alimento da criança é o leite. Nenhuma mãe dá a seu bebê uma feijoada, um churrasco, sempre como primeiro alimento é dado um tipo de leite, mas
existe um alimento que a mãe deve dar a seu filho mesmo ainda em seu ventre: a oração.
Ana orava por Samuel mesmo antes de concebê-lo, e esta deve ser a atitude de todas as mães.
1 SM. 1: 10 e 11 “Ela, pois, com amargura de alma, orou ao SENHOR, e chorou abundantemente. E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos, se benignamente atentares para a aflição de tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não esqueceres, e lhe deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida...”
Que todo bebê possa honrar ao Senhor em tudo que fizer.


3- A Toalha e o sabão: (Pureza) 
serve para a limpeza do bebê. A criança é limpa, vendo coisas limpas; devemos tomar cuidado com o que a criança vê; muitas vezes a criança fica horas vendo as mentiras e maldades que a televisão mostra e acham que é normal; crianças que vêem seus pais mentindo, falando palavrões, falando mal de alguém podem imitá-los mais tarde. Os pais são o espelho para seus filhos.
Em 1Corintios 15.33 lemos: “ Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.”
Que cada bebê possa crescer vendo bons exemplos para seguir.



4-Prendedor de Chupeta: (Confiança)
 serve para dar confiança de que a chupeta não vai cair no chão. As primeiras pessoas que o bebê precisa confiar são os seus pais. A maneira que os pais vivem e agem é observada pelos filhos a todo instante! Se um pai, ou alguém que a criança acredita muito pedir para ela pular de um lugar bem alto dizendo que var pegá-la; ela nem questiona, pula sem medo... Os pais devem demonstrar a seus filhos que a maior confiança deve ser em Deus.
Jr. 17. 5 “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!”
Que cada bebê possa confiar em seus pais, mas também aprender com eles que a confiança maior deve ser em Deus. 


5- A Touca: (Palavra de Deus) 
serve para proteger a cabecinha do bebê do frio, a palavra de Deus é a proteção da nossa mente. Portanto quanto mais for ensinado para a criança acerca da Palavra, mais protegida a criança será, e crescerá com a amente saudável. Na Palavra de Deus encontramos todos os ensinamentos para nos proteger das ciladas do inimigo. ...
Efésios 6:17. “Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.” Que cada bebê possa sempre ouvir dos lábios dos seus pais a Santa Palavra de Deus.


6- O cinto: (Segurança)
serve para proteger o bebê, e dar segurança. Hoje é lei obrigatória que as crianças usam o cinto de segurança especial para elas. Ensinar para os filhos o que é correto e o que é verdadeiro é o papel dos pais. A Verdade de Deus deve fazer parte da educação que os pais passam aos seus filhos.
Ef. 6. 14 “Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade, e vestindo-vos da couraça da justiça.”
Assim como o cinto serve para dar segurança à armadura, que o compromisso dos pais seja preparar os filhos com a verdade. Que cada bebê cresça seguro cingido com a verdade.



7- Os sapatos: (Salvação) 
servem para os pezinhos do bebê ficar quentinho, e quando começam a dar os primeiros passos, ele precisa de calçados adequados para salvá-lo de cair com facilidade e machucar. Os ensinamentos sobre a salvação em Cristo ainda no berço ajudará o bebê a crescer com passos firmes, pois saberá onde pisar, e andará longe do caminho da perdição.
Ef. 6: 15 “Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz.”

Em DT. 6, 6-9 aprendemos que devemos ensinar a palavra de Deus aos nossos filhos sempre. 
"Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no Coração;
tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando Pelo Caminho, e ao deitar-te, e ao Levantar-te.
Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas."

Não podemos perder tempo!!! Que Deus abençoe aos pais para que tenham sabedoria para ensinar ao seu bebê no caminho da Salvação. AMÉM




Mamãe, na casa de Deus não é lugar de levar brinquedo!


“Este não é outro lugar se não a casa de Deus”



Nos últimos tempos temos lidado com crianças hiper-ativas devido ao pouco espaço para gastar suas energias, além de crianças extremamente modernizadas, envolvidas com vídeo -game e internet, coisas que faz com que a criança torna-se agitada.Ou seja, atualmente são raras as crianças que ficam quietinhas na igreja no momento do culto da família.
Devido á essa grande agitação, os pais acabam se desdobrando para fazer com que a criança “sossegue” dentro da igreja , e acabam levando para o culto objetos não apropriados para a ocasião, como: bonecas, carrinho,caderno tamanho gigante para colorir e brinquedos de todos os tipo e qualidades.
Na maioria das vezes, são pais que entram pelo meio da igreja após o inicio do culto com bonecas enormes, carrinho de bebê para as bonecas e até bola de soprar...
Conversando com uma criança de 5 anos uma vez a respeito deste assunto, eu falei com ela: “Meu amor, quando a gente vem pra igreja, nós trazemos a bíblia e não um monte de brinquedo, porque na salinha tem uns brinquedos pra você brincar depois da aula”. E a menina me respondeu: “Tia, eu já falei com minha mãe para não trazer brinquedo, mas ela não me obedece!”
Que exemplo nós pais estamos dando aos nossos filhos?

Se não incentivarmos nossos pequeninos á andarem e ler a bíblia,qual será o seu comportamento perante á Palavra de Deus durante a adolescência?
Se vamos á igreja com o objetivo de adorar á Deus e aprender a Sua Palavra, é obvio que temos que levar a Palavra (a bíblia). Imagine se você fosse pra escola sem material escolar?Fosse pregar o evangelho sem a bíblia? Os fazer uma prova sem caneta e lápis?
Nós pais, temos que ter plena consciência que a igreja é um lugar santo e sagrado, como diz em Êxodo 3.5. A igreja é a casa de Deus e devemos ensinar nossos filhos terem reverência(Êxodo 12.24).
Imagine se você recebesse visita em sua casa, e propositalmente esta visita jogasse lixo no chão, quebrasse a descarga,deixasse a torneira aberta desperdiçando água ou colocasse chiclete embaixo do banco? Como você reagiria?
Será que Deus fica satisfeito quando deixamos nossos filhos fazer bagunça na igreja?
É claro que Deus não mora dentro do templo, pois sabemos que Deus é onipresente , mas é no templo que nós nos reunimos para compartilharmos as bênçãos de Deus, aprendermos mais da Sua Palavra.É no templo em que levamos nossos filhos para aprender as proezas do Senhor em linguagem apropriada á elas. Então sejamos exemplo para nossos filho, vamos nos atentar com os cuidados e preservação da nossa igreja, afinal, é a casa do Nosso Pai, e esta casa é chamada de Casa de Oração!

Flávia Grégio




MINISTÉRIO CRIATIVO


MINISTÉRIO CRIATIVO – SUGESTÕES PARA FAZER DO DEPARTAMENTO INFANTIL UM SUCESSO!

1. Convide as crianças e reconquiste novos alunos
Quem nunca ouviu a frase: 
“que a propaganda é a alma do negócio”? 
Verdadeiramente esta é uma frase real e indispensável para que a Escola Bíblica seja um sucesso. Nós temos despertar na criança a vontade de estar presente na Escola Bíblica Dominical.
Pesquise junto á secretaria da igreja o endereço das crianças e mande através do correio carta-convite convidando-os para se matricularem na EBD
Dê brindes para os primeiros matriculados
Passe vídeos convidativos durantes o culto
Panfletos e cartazes são sempre bem-vindos
Grave “chamadas de voz” para colocar após o encerramento do culto.
Se existe muitas crianças que moram perto da igreja, uma boa pedida é a “Serenata da EBD”
Café da manhã para as crianças é muito importante, lembre-se que cada peixinho é usado uma isca especifica. Saiba qual isca usar!

2. Seja criativo em datas comemorativas
Dia do Índio – missões indígenas
Dia das mães – café da manhã para as mães
Dia dos pais – feijoada do papai o
Primavera – luau
Dia da Bíblia – exposição de Bíblias com diversas línguas e traduções
Dia do amigo – amigo secreto, oração pelo amigo, confecção de cartões
Aniversário - Dê Bíblias de presente (Quando você for presentear com uma Bíblia, marque com marca texto os versículos mais importantes, pois assim, este serão os mais lidos.)

3. Na contação de histórias bíblicas

Saia da “rotina” e use objetos e dramatização para contar histórias, crianças gostam de novidades!
Viva a História Bíblica, use caracterização: Imagine você caracterizada como a mulher de Samaria?

4. Em reuniões com pais ou professores
Talvez você não precise usar a palavra “reunião”, faça chás, almoço, lanche e converse com elas a cerca do departamento. Incentive suas professoras com presentes, cartões, bilhetes e mimos. Faça treinamento dinâmicos, passeios e jantar no dia dos professores. Valorize-os!


com carinho ♥ tia Josi ♥


CRIANÇAS ÍNDIGO E CRISTAL

(Todos os pais cristãos e líderes infantis precisam conhecer as estratégias do mal contra nossas crianças, e buscarem orientação em Deus)

No final do século XX o tema “crianças índigo” veio à tona. Um livro publicado nos Estados Unidos em maio de 1999, com o título The Indigo Children, escrito por Lee Carroll e Jan Tober, fez com que este assunto se tornasse bem mais conhecido. As doutrinas do Espiritismo é que dão sustentação a todo o argumento desses autores. Segundo eles, crianças índigo são crianças consideradas especiais, reencarnações de espíritos iluminados que chegam ao mundo com dons extraordinários; são super-sensíveis, intuitivas e visionárias, as quais resolveram encarnar agora, com uma missão ou um objetivo específico: mudar completamente o atual sistema de coisas. Há, na opinião dos autores e de outros esotéricos, uma grande quantidade de crianças índigo, que estão nascendo em toda parte desde o final do século passado, chamadas também de crianças fantásticas, crianças das estrelas, mestres, ou a esperança para o futuro da humanidade.
            Índigo é o nome de uma cor, entre azul e violeta. É também o nome da substância corante que serve para tingir de azul, ou anil. E ainda o nome da planta que fornece índigo, ou anileira. O nome índigo foi adotado para designar essas crianças especiais, tomando como base a doutrina da Aura, presente em várias religiões e tradições esotéricas. Índigo seria a cor da aura de tais crianças. A aura seria um elemento etéreo, imaterial, que emana e envolve seres ou objetos. Segundo o espiritismo, ela é uma radiografia de todas as vidas do homem desde o momento de sua formação espiritual, e vai evoluindo ao longo das sucessivas reencarnações. A aura conteria dados sobre o passado, sobre a vida presente e até mesmo tendências futuras.
            Vemos então que, além da doutrina da Aura, a doutrina da Reencarnação está presente na sustentação da ideia de serem essas crianças seres que estão numa esfera de evolução mais alta, e que podem, assim, fazer mudanças para a melhoria da vida aqui na terra. Seriam crianças superiores, fascinantes, fantásticas, fabulosas e que teriam percepções de realidades tais como: ver anjos, prever acontecimentos e viver num mundo imaginário em contato com fadas e bruxas.

CRIANÇAS QUE NÃO ACEITAM ORDEM DE NINGUÉM

No entanto, é fácil identificar um Índigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento. Como crianças, elas se parecem com todas as outras crianças, embora sejam freqüentemente bonitas e com olhos penetrantes. São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências.
Têm muita energia, são muito ativas, têm muita força de vontade e um senso forte do seu próprio valor e importância. Sabem que são especiais e que estão aqui para fazer alguma coisa significativa. Possuem amigos “imaginários” e adoram fadas e golfinhos. A inteligência excepcional das crianças índigo pode ser exasperante para os adultos.
Ninguém lhes dirá o que fazer, elas quererão debater e negociar cada instrução, cada ordem. Até que os pais aprendam que estão sendo ensinados e aprendam a respeitar o direito de escolha da criança e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados com lutas de poder e batalhas de força de vontade. A maneira correta de lidar com um Índigo é de estar disposto a negociar, explicar, dar-lhe escolhas. Ordens como “ Faça assim porque eu estou mandando ” só produzirão hostilidade e indiferença. Os Índigos geralmente não gostam nada-nada da escola.

As figuras de autoridade não conseguem nada com elas. Num nível profundo, elas não reconhecem a autoridade. Sabem que somos todos iguais e por isso ficam irritados, furiosos mesmo, com aqueles que se comportam ditatorialmente , quer sejam pais, professores ou patrões. São muito compassivos, amam os animais e qualquer forma de vida; têm muitos medos, como medo da morte e perda dos seres amados. Se experimentam muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.. Um problema sério quando se trata de Crianças Índigo é o diagnóstico errado habitual dado aos índigos, catalogados como portadores de Transtorno do Déficit de Atenção ou do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade
” Não as forcem a enquadrar-se nos velhos moldes. Elas chegaram com novas marcas de nível superior para a humanidade, codificadas dentro do seu ser. 


CRIANÇAS QUE IGNORAM AS REGRAS EM FAMÍLIA


            Os pensamentos a respeito das crianças índigo envolvem também a aceitação de que essas crianças promoverão transformações como, por exemplo, em relação à família — uma instituição considerada cheia de regras, que precisam ser ignoradas, abrindo espaço para outras opções de convívio, não mais na estrutura “arcaica” da família. Não só em relação à família, mas em diversas esferas da sociedade, essas crianças estariam aqui para nos ajudar na transformação do mundo. O que teríamos que fazer? Precisaríamos aprender com elas, escutando-as e observando-as.
            Segundo, também, o espiritismo, a tarefa das crianças índigo vai ser complementada pelas crianças cristal, uma outra categoria de crianças especiais e fantásticas.  
            Alguns pais, ao aceitarem essa teoria da existência de crianças índigo e cristal, acabam contemplando os próprios filhos como uma espécie de “deuses”, a quem precisam considerar como seus instrutores. Os filhos ensinando os pais; os filhos abençoando os pais. Os filhos sendo os portadores de uma sabedoria superior à qual os pais devem se submeter. Jan Tober e Lee Carroll chegam a afirmar, entre outras coisas, que “as crianças são tudo que elas precisam ser; elas são elas mesmas. Vamos deixá-las sozinhas para que elas possam ser exatamente o que são.”
            Tais ideias deveriam, no mínimo, causar estranheza a pessoas de bom senso. Para quem conhece e crê na Palavra de Deus, são um louco delírio. Porém, é espantoso observar como é grande o número de adeptos, defensores e divulgadores dessas ideias.
            
A TELEVISÃO MAIS UMA VEZ EM PARCERIA CONTRA A FAMÍLIA
 (e muitos crentes não procuram se libertar de tais programações)

Muitas pessoas têm escrito livros sobre o assunto, têm dado palestras, têm criado blogs e têm até escrito novelas sobre o tema. Uma destas é Elizabeth Jhin, que afirmou estar encantada pela questão das crianças índigo e cristal, o que a teria motivado a escrever a novela “Amor Eterno Amor”, veiculada pela Rede Globo de Televisão neste ano de 2012. A trama teceu em seu enredo, sem qualquer comprovação científica mas totalmente ancorada na parapsicologia e no espiritismo, a ideia das crianças índigo, por meio da personagem Clara. Elizabeth Jhin já havia escrito outras duas novelas para a TV Globo: “Eterna Magia” (2007), falando sobre bruxas, e “Escrito nas Estrelas” (2010), falando de um rapaz que era um “espírito desencarnado”. Estas duas novelas bateram recordes de audiência.
            Numa entrevista que foi publicada no jornal O Estado de São Paulo, a autora falou de sua paixão por Ivani Ribeiro, que era espírita praticante e escreveu novelas de sucesso com o alvo de divulgar o espiritismo, como foi o caso da novela “A Viagem”. Em outra entrevista, publicada no Blog TVG.GLOBO, uma das perguntas feitas a Elizabeth Jhin foi:
            O que a motivou a abordar a questão das crianças índigo e cristal? Acredita que o tema vai causar um impacto nos telespectadores?
            A resposta de Elizabeth Jhin foi: A questão das crianças índigo e cristal é bastante controversa e acredito que as pessoas vão se interessar muito pelo tema e tirar suas próprias conclusões. É surpreendente a quantidade de sites do mundo todo, não só de leigos e educadores, mas também de cientistas de grandes universidades, que se dedicam a falar e estudar o assunto; tanto do ponto de vista sociológico, antropológico e social, como do ponto de vista espiritual. Nesse aspecto, as crianças que nasceram a partir dos anos 80, e mais ainda a partir do ano 2000, estão vindo para ajudar a transformar a vida no nosso planeta, em seus aspectos espirituais, sociais, educacionais e familiares. Quem tem criança do terceiro milênio em casa, percebe e se espanta com sua precocidade e maturidade. A criança sempre foi e será “uma ideia de Deus”, que deve ser muito cuidada e amada. Mais do que nunca, as crianças “são verdadeiros presentes para os pais, para o planeta e para o Universo”.
            Outra novela a abordar o tema foi “Mulheres Apaixonadas”, de Manoel Carlos, que a mesma Rede Globo apresentou em 2003 e reprisou em 2008, na qual havia a personagem Salete, uma criança índigo, que tinha percepção da Luz, premonições, paranormalidade avançada e também via anjos.

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE ISTO?

Aquele que crê que a Palavra de Deus é “lâmpada para os pés” e “luz para os caminhos” busca pautar sua vida pelo que Deus diz, e não pela sabedoria humana. Vamos comparar com a Palavra de Deus algumas das ideias, acima expostas, a respeito de crianças índigo.
            Em relação à aura humana, apesar da disponibilidade de detectores de alta sensibilidade para campos eletromagnéticos e radiação eletromagnética, propriedades comumente atribuídas a aura, não existe nenhum estudo que demonstre empiricamente a sua existência. Ninguém, até o momento, conseguiu demonstrar essa habilidade de detectar auras, apesar do enorme número de pessoas que dizem ser capazes de tal feito. Uma das características da aura, de acordo com os seguidores dessa ideia, seria sua luminosidade. Mas a Bíblia diz que o homem ímpio, sem Deus, está no escuro. Em Colossenses 1.13, 14 lemos sobre Deus Pai: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.” E em 1 João 1.5-7 está escrito: “... Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.”
            Em relação à reencarnação, que talvez seja uma das mais antigas ilusões religiosas, a verdade sobre tal assunto está claramente estabelecida numa preciosa passagem bíblica que afirma: “... aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo.” (Hebreus 9.27). A reencarnação visa o aperfeiçoamento ou evolução da pessoa. Mas a Bíblia afirma, em Efésios 2.8 e 9, que o homem será salvo somente pela graça e não por obras. “Pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.”  
            Se quisermos encontrar um ponto positivo em tudo que foi exposto, este poderia ser a ênfase em colocar a criança no centro das atenções. Vários conselhos são dados aos pais quanto à postura que devem adotar de compreensão e de amor para com os seus filhos, a fim de viverem na expectativa de que seus filhos têm uma missão superior a cumprir. Sim, este seria um ponto positivo, afinal os filhos são “herança do Senhor”. Este foco no valor das crianças é importante, especialmente numa época em que pais, em alguns contextos, estão “terceirizando” a educação de seus filhos; e em outros contextos, estão literalmente “abusando” de seus filhos, que são vítimas de maus tratos, de espancamentos, de toques com as mãos sujas da pedofilia.
            Jesus, em certa ocasião, colocou uma criança no centro das atenções dos seus discípulos, mostrando-lhes a necessidade de aprenderem a lição da humildade. Mostrou também a importância da criança, que deve ser bem recebida, como se recebêssemos o próprio Jesus; que deve ser tratada com respeito e dignidade, sem colocarmos tropeços na sua caminhada; que não deve ser desprezada e que deve ser alvo de cuidados especiais, assim como um cordeiro é alvo do cuidado de um pastor, porque não é da vontade de Deus que nenhum pequenino se perca.
            O que deve ser buscado, portanto, é um equilíbrio entre valorizar a criança, tal como o Senhor a valoriza, ao mesmo tempo em que reconhecemos a imaturidade da criança e a necessidade que ela tem de receber orientação, como lemos em Provérbios 22.6: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” 
            Além de orientação, a criança necessita de disciplina, porque “a estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela” (Provérbios 22.15), e a negligência na correção demonstra exatamente falta de amor à criança, pois “o que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina.” (Provérbios 13:24).

            CRIANÇA NÃO É UMA REENCARNAÇÃO

A criança não é reencarnação de alguém que já tenha vivido no passado. Cada criança é formada e tecida no útero de sua mãe, tendo seu corpo e alma formados, de modo assombrosamente maravilhoso, por Deus. Nenhuma criança vem de alguma estrela distante ou de uma suposta vida passada. Elas vêm diretamente do poder criador de Deus, que as conhece plenamente desde quando eram ainda uma substância informe, enquanto seus membros, veias e ossos iam sendo formados. Leia o Salmo 139, versos 13 a 17.
            Olhar para a criança através da Palavra de Deus nos ajuda a ter os pensamentos corretos a fim de criar, ensinar, disciplinar e guiar as nossas crianças. É especialmente importante reconhecer que cada uma delas nasce com uma natureza pecaminosa, herança que trazem de seus pais (Salmo 51.5). Só uma criança nasceu neste mundo sem natureza pecaminosa – Jesus –, porque ele não foi gerado no ventre de Maria por um homem, mas pelo Espírito Santo de Deus.
            E porque a criança é pecadora, ela necessita ser evangelizada, isso é, ela precisa saber que Jesus é o Filho de Deus que veio a este mundo para nos libertar do pecado, o que de fato ele fez ao morrer na cruz como substituto do pecador que nEle confia. Esta mensagem “é fácil de entender, tão clara como a luz: em meu lugar pra me salvar Jesus morreu na cruz”. É tão singela que “mesmo um menino pode crer”. Jesus disse: “Quem crê tem a vida eterna” (João 6.47). Leve suas crianças o mais cedo possível a crer em Deus, colocando sua fé no Salvador Jesus, para que não sejam, como disse Chesterton, pessoas que venham no futuro a crer em “qualquer coisa”. Levar crianças à salvação em Cristo é que garante que haverá um bom futuro.
            Crianças índigo... um conceito que deveria encher-nos de indignação, como disse o salmista: “De mim se apoderou a indignação, por causa dos pecadores que abandonaram a tua lei.” (Salmo 119.53).
            Nunca é demais repetir que é necessário, com urgência, ganhar para Jesus a geração que vem chegando. Lembremo-nos de que Deus mesmo foi quem ordenou aos pais que ensinassem aos seus filhos sobre o Seu poder e as Suas maravilhas, a fim de que a nova geração pudesse confiar no Senhor sem jamais se esquecer de suas obras e ser obediente à Sua Palavra. Pois, se não fosse assim, corria o risco de vir a se tornar uma geração rebelde e andar de maneira contrária à orientação do Senhor (Salmo 78.4 a 8).

Esse artigo foi publicado na Revista "O Evangelista de Crianças" ano 58 - nº 229 - out-nov-dez-2012

  ............DESPERTEMOS FAMÍLIA CRISTÃ!

um "NÃO" na hora certa...isso é AMOR!


DEPENDE DAS MÃOS QUE A SEGURA




uma raquete de tênis em minhas mãos não tem utilidade nenhuma, mas nas mãos do Guga o tornou o nº 1 do mundo....depende das mãos que a segura!

uma vara em minhas mãos servirá apenas para manter os animais afastados de mim, mas nas mãos de Moisés abriu o Mar Vermelho...depende das mãos que a segura!

um estilingue em minhas mãos é apenas um brinquedo, nas mãos de Davi se tornou uma arma poderosa...
depende das mãos que a segura!

dois peixes e cinco pães em minhas mãos se tornarão em alguns sanduíches, nas mãos de Cristo foi alimento para uma grande multidão...depende das mãos que a segura!

pregos em minhas mãos podem significar construção de uma casa, nas mãos de Cristo significa a salvação da humanidade..depende das mãos que a segura!


Como você pôde concluir, tudo depende das mãos que a segura! Então coloque seu ministério nas mãos do Senhor, seu pequeno rebanho, as crianças que Ele mesmo te deu para pastorear....criança não é alguém que "ainda vai ser", e nem é a igreja do amanhã, criança não é também um adulto em miniatura! Criança é criança, é a igreja de hoje e já é um instrumento do Senhor....mas claro, só será um instrumento de Deus se nós como mãe e como líder as temos colocado nas mãos do Senhor, porque tudo 
DEPENDE DAS MÃOS QUE A SEGURA!!!
tenham todos uma boa noite....
com carinho,
Tia Josi ♥

Ministério Infantil NÃO é circo e professor não é palhaço...


ÁS VEZES TENHO MEDO DE SER CHATA POR ACHAR ASSIM, MAS CADA DIA MAIS ADMIRO A EVANGELISTA CLÁUDIA GUIMARAES...E COMPARTILHO DO MESMO SENTIMENTO DELA....(palavras minhas)


Ministério Infantil NÃO é circo e professor não é palhaço...

"Como evangelista e pastora de crianças tenho estado muito preocupada e incomodada com o que tenho visto nestes dias. Tenho orado e o incômodo persiste em meu coração.

TEM OCORRIDO MUITOS EXAGEROS

Ministério com crianças é um serviço a Deus alegre, colorido, dinâmico sim, pois estamos lhe dando com crianças e não com adultos, porém tenho observado certo exagero ao ver por todos os lados professores e evangelistas vestidos, pintados, mascarados, fantasiados o tempo todo para ministrar a palavra de Deus as crianças, isso quando a palavra é ministrada mesmo, pois muitas pessoas acreditam que estão ensinando a palavra de Deus às crianças e no entanto estão fazendo animação gospel. Estão falando de coisas bonitas e alegres, com temas bíblicos e tudo, as mesmas que eu ouço dos espíritas quando fazem fantoches no seu programa de tve de outras "religiões" que fazem coisas lindas com as crianças, mas não conhecem a Jesus e não pregam o seu evangelho.


ISSO NÃO É EVANGELISMO

Cuidado com este engano! Você pode estar colorida, alegre, musical, etc... mas se a palavra de Deus e o evangelho da salvação não foi compartilhado com as crianças, se Jesus não foi pregado com o mínimo de 6 versículos da Palavra de Deus, então não é evangelismo.

Evangelizar é pregar as crianças a mensagem da salvação, com base bíblica.

O segundo ponto que quero destacar é que com tanta maquiagem, fantasia e apetrechos, o foco está na personagem representada e não em Jesus. Eu não preciso colocar uma melancia de espuma na cabeça e estar maquiada com uma roupa coloridíssima, todas as vezes que vou falar de Jesus ( quando realmente falo!?), pois o foco é tirado de Jesus e colocado em mim.

A criança fica focada na personagem viva e não na mensagem, a palavra de Deus é poder, não precisa de apelação.

Quero deixar claro aqui que não sou contra a qualquer método dinâmico, pelo contrário, sou pedagoga e conheço muito bem a linguagem que devemos ter com as crianças, tudo é válido, sou contra o exagero que tenho observado somos templo do Espírito Santo e guiados por Ele em toda a verdade, Ele é equilíbrio, por isso é preciso ter coerência, limites, bom senso.

Observe o que estou tratando aqui neste artigo, observe nos sites, no orkut, nos blogs, confira se não está existindo um certo exagero...

Nossas crianças estão saturadas de agitação e todo o tipo de entretenimento, pois o mundo, a televisão, a internet, enfim todos os meios de comunicação oferecem isso a elas o TEMPO TODO...

NÃO SEJAMOS MAIS UM ENTRETENIMENTO

O que as crianças precisam ver em cada professor e evangelista é PODER DE DEUS , isso sim está em falta, observe que Paulo diz na sua carta aos Coríntios:
"A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder". I Cor. 2:4

"Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder". I Cor 4:20

Observe outros textos:

Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém. I Pedro 4:11

Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. Mateus 22:27

Queridos, JESUS É O CENTRO, É o FOCO, nossos dons, estratégias e métodos não podem tomar o lugar que é de JESUS, você e eu não podemos aparecer ou chamar mais a atenção do que o próprio Jesus em nós. ELE TEM QUE APARECER para as crianças e não nós. ORE sobre isso... que o Espírito Santo possa lhe trazer entendimento completo, pois sei que me expresso com limitação.

Deus te abençoe."

Claudia Guimarães

Alerta....Halloween





A palavra "Halloween" significa "dia da colheita". Mas o que ela significa na realidade é a celebração do louvor máximo a Satanás por parte dos satanistas do mundo inteiro. O filme de terror "Colheita Maldita", por exemplo, é baseado no significado oculto da festa de Halloween.
O alvo de Satanás é atingir crianças, principalmente porque elas são puras de coração e o próprio Senhor Jesus disse a elas que delas pertence o reino de Deus. A grande maioria das escolas infantis absolutamente não tem ciência do fato que está por trás desta comemoração satânica e celebram este feriado, fazendo as crianças se vestirem como bruxas, lobisomens ou qualquer tipo de ser demoníaco. Isto dá legalidade para que Satanás aja livremente sobre as crianças. A chance delas se tornarem adultos violentos, rebeldes, perturbados e corruptos no futuro será muito grande, se a família da criança não usar o poder de Deus para anular esta legalidade.
Fora que, sabemos que Satan
ás adora matar, roubar e destruir (João 10:10). E neste dia, ao ser celebrado, ele e seus demônios têm legalidade total para matar em massa.
Outro ponto importante é que, em 31 de outubro, é celebrado o sabbath no alto satanismo, quando Satanás em pessoa se materializa e aparece no meio da celebração. No ritual, sacrifício de crianças, jovens e adultos são realizados a pedido do próprio Satanás. Até antes de 1517, o sabbath satânico era comemorado em todo 9 de março.
Em 31 de outubro de 1517, Martin Lutero iniciou na Alemanha a reforma da Igreja e publicou suas 95 teses denunciando a contaminação da Igreja Medieval. Lutero teve acesso às Escrituras Sagradas, coisa que o povo não tinha, já que Satanás até então contaminou de tal modo a Igreja que os cultos eram realizados em latim, dificultando o entendimento do povo, e somente os altos sacerdotes da Igreja podiam ler as Escrituras Bíblicas.



Lutero, ao ler as Escrituras, entendeu e publicou que a salvação é por meio da fé em Jesus Cristo, não por pagamento de indulgências à Igreja ou adoração a relíquias da Igreja na época. Lutero foi considerado um imprevisto para Satanás que tinha a Igreja contaminada em seu total controle naquela época. Como forma de vingança e retaliação, o alto satanismo passou a comemorar o sabbath em 31 de outubro (o mesmo dia em que Lutero publicou as 95 teses)1.
Jesus veio para desfazer as obras do diabo. É tarefa da Igreja de Jesus Cristo na terra (eu e você) reverter esta situação, através do nome poderoso de Jesus (Filipenses 2:8-11). Existe uma casta de demônios específica que age na época do Halloween e que só pode ser neutralizada através de jejum e oração por parte da Igreja.
É tempo de orar! De restaurar a noiva para a volta de Jesus Cristo!
DESPERTEMOS, NÃO VAMOS DAR LEGALIDADE À SATANÁS NA VIDA DAS NOSSAS CRIANÇAS!!!!


http://www.tempodofim.com/msg/halloween.htm

Moçambique, África


Boa tarde amigos do blog,
Estive conversando com uma prima, meu coração se entristeceu muito com o testemunho que ela me contou! Um casal de missionários que esteve em sua igreja contou sobre sua experiência em Moçambique, África.
Os meninos quando completam 12 anos de idade, eles são retirados para uma mata a fim de  mostrarem que já são "homenzinhos"...enquanto isso suas mães se reúnem num lugar e começam a chorar e a lamentar pelos seus filhos, porque elas sabem que um daqueles meninos não voltará vivo!
Sabem o que acontecem com eles?
Um menino é escolhido entre eles para serem "objetos" dos demais, isso mesmo, ele é molestado por todos os outros que ali estão, por todos! No final, esse menino não resiste a agressão sexual e agoniza até morrer, os outros molestam ele de todas as formas que vocês possam imaginar, coisas que eu não acho ético escrever!
Aquelas mães choram, gemem de dor por saberem que um menino, quem sabe, seu filho, está sendo molestado pelos outros, e por certo, não voltará pra casa. Lamentável!

As meninas? Também sofrem com abuso sexual, aos 9 anos elas ingressam na prostituição. Saem pelas ruas para venderem salgados que as mães fazem, elas colocam as bacias em cima da cabeça, e saem pra vender, e qualquer homem, eu disse qualquer homem pode tomar essas meninas como mulher, e elas não tem direito de escolha. Nem seus pais as podem defender, é a cultura do lugar.

Hoje eu olho meus filhos com toda a proteção do nosso lar, com o carinho da nossa família, e lamento por saber que crianças da idade deles, nesse momento estão sendo molestados por homens nojentos e promíscuos! Chega a doer meu coração!
O que estamos fazendo em prol da evangelização dos pequeninos, ainda é pouco, é pouquíssimo mediante a necessidade que estamos vendo diante de nós!
Que o Senhor nos desperte e nos ajude a fazermos mais, bem mais!!!!
♥ tia Josi ♥

todo pai e mãe é líder de ministério infantil


A importância do líder



“Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas” (Mc10.14).
No decorrer dos séculos, muitos crentes têm rejeitado os esforços das crianças para se aproximarem do Salvador.
Charles Spurgeon, um famoso pregador inglês, escreveu: “Que maravilha será ver nossas crianças firmadas na doutrina da redenção por Cristo! Se forem prevenidas contra os falsos evangelhos desta era perversa, e ensinadas a firmar-se na rocha eterna da obra consumada de Cristo, podemos esperar que a próxima geração venha a manter a fé e que será melhor do que a de seus pais”.

Jesus ama os pequeninos, porém o diabo os odeia

Não é preciso muitas pesquisas para perceber o quanto Jesus ama as crianças. Ele demonstrou isso quando as abraçava e as abençoava: “Em seguida, tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou”. (Mc 10.16)...Ainda existem muitas igrejas que não dão o devido valor ao ministério infantil, encaminhando sempre quem não tem dom para cantar, dançar, pregar, para ficar com as crianças, como se esse ministério fosse menos importante. O diabo não pensa assim. Ele investe pra valer nas crianças, prova disso são as infinidades de programas, desenhos, brinquedos, jogos, etc, que são criados para elas; cheios de novidades, cores e muitos outros atrativos. Sabemos que a criança é um produto do meio em que ela vive, tudo o que ela ouve, assiste na TV, aprende na escola, contribui para a formação da sua personalidade e caráter.
“Qualquer, porém, que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar” (Mt 18.6)
Jesus ama mesmo as crianças! Nós as afastamos dEle, quando fazemos pouco caso do ministério infantil, quando as deixamos numa salinha improvisada enquanto seus pais assistem ao culto, quando não as levamos a igreja, quando não valorizamos os professores e líderes que cuidam delas e nem investimos, deixando-os sozinhos carregando este “peso”.

Está na hora de acordar!

O Senhor nos confiou essa responsabilidade. Devemos ser a principal influência e referência em suas vidas. É preciso investir nesse ministério. Gosto de afirmar que as crianças fazem parte do corpo de Cristo, portanto elas não são “a igreja de amanhã”, mas já são a igreja de hoje. Quantos problemas seriam evitados, quantos adolescentes seriam saudáveis e quantos adultos sábios e maduros teríamos nas igrejas, se tão somente investíssemos no ministério infantil! Fico imaginando quantas coisas lindas o Senhor tem guardado em seus tesouros! Se temos a mente de Cristo, podemos fazer melhor do que tudo que o mundo oferece. As dificuldades que as pessoas sentem em trabalhar com as crianças vêm da falta de preparo, orientações, materiais. Como qualquer outro ministério é preciso se preparar. O amor é fundamental, mas os cursos e treinamentos darão suporte e quanto mais ministros, menos trabalho, então ficará fácil e prazeroso. Vale a pena gastar um pouco mais em salas amplas, bonitas e coloridas, com brinquedos, lápis de cor, joguinhos, músicas e brincadeiras. Criança é criança em qualquer tempo e lugar, não dá para mudar a realidade de que elas vivem fantasiando, imaginando, pensando. Tudo isso é muito saudável e importante. Não precisamos de robozinhos, mas de crianças livres para pensar, aprender, criar. Quem alcançará as crianças? As crianças são escolhidas por Deus ainda no ventre materno. João Batista, Moisés, Samuel, Sansão e o próprio Jesus, dentre outras, são histórias que nos mostram os propósitos de Deus na vida das crianças e o cargo que ocuparão no futuro. Deus nos delegou a responsabilidade de evangelizar as crianças, muitas estão morrendo sem salvação.

“Ide ... (Mc 16.15)
“Deixai... (Mc 10.14)
“Apascenta os meus cordeiros... (Jô 21.15)
“Não é da vontade de Deus que uma criança se perca ... (Mt 18.14)
“Ensinar as doutrinas fundamentais as crianças ... (Ex 12. 26-27)
“Desde o menor deve ouvir os mandamentos ... (II Reis 23.2 – II Cr 20.13 – Dt 6.7-31 – Ef 6.4)

Os ensinamentos devem começar em casa

Os ensinamentos devem começar em casa com os pais, assim como na igreja.
Leia Esdras 10.1: “Enquanto Esdras estava orando e confessando, chorando prostrado diante do templo de Deus, uma grande multidão de israelitas, homens, mulheres e crianças, reuniram-se em volta dele.” Aqui é possível ver que as crianças também participaram de uma sessão de arrependimento, junto a adultos.
Para evitar que as crianças se tornem adultos rebeldes e maus, elas precisam aprender desde cedo a conhecer o poder de Deus e também as suas obras: “Povo meu, escute o meu ensino; incline os ouvidos para o que eu tenho a dizer.
Em parábolas abrirei a minha boca, proferirei enigmas do passado;O que ouvimos e aprendemos, o que nossos pais nos contaram. Não os esconderemos dos nossos filhos, contaremos à próxima geração os louváveis feitos do SENHOR, o seu poder e as maravilhas que fez. Ele decretou estatutos para Jacó, e em Israel estabeleceu a lei, e ordenou aos nossos antepassados que a ensinassem aos seus filhos, de modo que a geração seguinte a conhecesse, e também os filhos que ainda nasceriam, e eles, por sua vez, contassem aos seus próprios filhos.  Então eles porão a confiança em Deus; não esquecerão os seus feitos e obedecerão aos seus mandamentos. Eles não serão como os seus antepassados, obstinados e rebeldes, povo de coração desleal para com Deus, gente de espírito infiel.” (Sl 78.1-8)

A criança precisa ser salva

“Sei que sou pecador desde que nasci, sim desde que me concebeu minha mãe.” Sl 51.5
“Desviam-se os ímpios desde a sua concepção; nascem e já se desencaminham, proferindo mentiras.” Sl 58.3.
“Da mesma forma, o Pai de vocês, que está nos céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca”.
Mt 1814

É MAIS FÁCIL ENSINAR A CRIANÇA NO CAMINHO QUE ELA DEVE ANDAR DO QUE TRATAR DOS DESVIOS DE CARÁTER, FERIDAS NA ALMA, TRAUMAS, REBELDIAS, DOS ADULTOS.

Pense nisso.........com carinho
♥ Tia Josi ♥

Você sabe o que acontece quando uma criança ora?



Se verdadeiramente a igreja soubesse o que acontece quando as crianças oram, não seriam tão lentos, descrentes, sem ação como tem sido.
A igreja adulta acha lindo uma criança orar, mas quantos querem colocar a mão na massa e ensinar o caminho a estas crianças???
Há um caminho sim a ser percorrido, as crianças estão ávidas para conhecer e trilhar este caminho, o caminho da oração é o caminho da intimidade com Jesus, da amizade, do relacionamento, do amor...
Mas onde estão os pais? os adultos dispostos a tomar estas crianças pelas mãos e guiá-las pelo caminho?
Quando olhamos as fotos de crianças orando, clamando, intercedendo, achamos lindo! Mas saiba que isso é fruto de trabalho, de amor a Jesus, de entrega, de serviço, de homens e mulheres ( mesmo ainda sendo poucos...) que crêem no Senhor Jesus, que crêem na sua palavra de Salmos 8:2 e disseram eis-me aqui Jesus, pode contar comigo e não retrocedem.
Quando a igreja adulta (sua maioria) parar de somente achar lindo e tomar uma atitude de crêr e se envolver, aí sim veremos uma nação, uma geração transformada pelo evangelho.
Pois cristianismo sem vida de Oração e palavra é balela,é história da carochinha, Deus nos ajude!!!!!!!!!!!!!

Claudia Guimarães
Diretora Royal Kids Brasil

Meu filho, meu discípulo!



Os pais não querem que seus filhos sejam diferentes dos coleguinhas. Não querem que eles fiquem fora da moda. Simplesmente não sabem dizer “ não” a seus filhos, ou talvez pensam que amar é dar “ liberdade” a seus filhos. Na verdade, quem mais tem dificuldade de romper estes filmes, desenhos e objetos são os adultos, pois as tradições estão fortemente impregnadas na alma. É importante orientar a criança, não tirando nada à força, nem escondido dela, mas orando e jejuando para que o Senhor revele a ela que aquele determinado objeto ou história não são de Jesus. O Espírito Santo falará com a criança. Os pais, como autoridade, têm a responsabilidade de ensinar-lhes a verdade.
Deus delegou autoridade espiritual dos pais sobre os filhos para os orientarem no caminho do Senhor! Os filhos precisam ser diferentes sim, pois eles são santos, separados para Deus! Nós somos um povo santo, de propriedade exclusiva de Deus! Nem sempre nossos filhos poderão seguir a moda, pois a prioridade é agradar a Deus. Temos o exemplo de Daniel, que viveu no palácio do rei, mas decidiu firmemente não se contaminar com as finas iguarias da mesa do rei ( Daniel 1.8)

* extraído do livro Libertação de Crianças, de Jesher Cardoso

Têm muitos pais fugindo de sua responsabilidade..



"Se eu fosse pastora de uma igreja... seria proibido pai e mãe com filhos de 0 a 13 anos, estarem fora do ministério infantil. Isso mesmo, seria regra todos os pais estarem envolvidos no ministério infantil. Castigo?? Claro que não, embora muitos pensem assim, e biblicamente é a coisa mais natural do mundo.

Não existia escola dominical em Israel, muito menos no deserto, nem na igreja primitiva, e mesmo quando começou a EBD com Robert Raikes ( fundador em 1783 ), não foi EBD para filhos de crentes, mas para as crianças que ficavam abandonadas na rua, sem fazer nada aos domingos.

Deus é claro em Sua palavra, dos pais ensinarem os seus filhos
( Salmos 78, Deuteronômio 6, Salmos 127, outros...) terceirizar a vida espiritual dos seus filhos é pecado e traz consequencias terríveis.

Por isso não aguento mais ver pais "cristãos" se eximirem da sua tarefa, do seu chamado como pais. Delegam para a igreja a vida espiritual dos seus filhos e esquecem da mesma durante toda uma semana.

Ja orou com seus filho hoje? Ja leu a Bíblia com ele? Você já o evangelizou? Já orou por missões com ele esta semana, o que vc semeeou nesta semana na vida do seu filho??

Pais acordem e voltem ao caminho enquanto é tempo!!!!!!"

Claudia Guimarães

Ganhando uma vida inteira...


Bom tarde meus amigos, na paz de nosso Senhor Jesus Cristo!

Estou olhando algumas fotos dos cultos infantis que já participei, ao ver algumas crianças entregando suas vidas a Jesus, me lembrei de uma palavra de um grande homem de Deus: Dwight Lyman Moody, conhecido como um dos mais influentes evangelistas do século XIX....após uma de suas pregações, perguntaram-lhe quantas pessoas haviam se entregado a Jesus, e ele respondeu:"duas pessoas e meia."
Então alguém perguntou: "Pastor, foram dois adultos e uma criança?"
Ele disse: "Não, foram duas crianças e um adulto."
A meia pessoa é o adulto que tem meia vida pela frente pra servir a Cristo, as duas pessoas são duas crianças, que tem uma vida inteira pra honrar e servir a Jesus!!!!
Forte isso né???
Vamos meditar nessas palavras de Moody durante esse dia.....uma criança ganha pra Jesus representa uma vida inteira para Deus!!!!!


com carinho,
♥ tia Josi ♥

NÃO PODEMOS PERDER TEMPO


Gosto muito de ler sobre os trabalhos da escritora Cláudia Guimaraes 
http://claudiaguimaraes.blogspot.com.br/ ) uma evangelista infantil. Em um de seus livros ela registrou que ao subir num morro para evangelizar, encontrou um garotinho, e ela lhe perguntou o que ele queria ser quando crescesse,. Ela se surpreendeu com a resposta daquele menino: - "não sei não tia, depende do que vier primeiro em minhas mãos, uma Bíblia ou um revólver!"- disse ele.
Não podemos perder mais tempo! 
Se realmente temos certeza do nosso chamado, já está passando da hora de fazer alguma coisa!  Meditemos nisso!!!!

com carinho,
♥ tia Josi ♥

...Não são tão puras como antes

Boa Tarde amigos do blog...

....conversando um pouco com meu esposo nessa semana, chegamos à um sério raciocínio: quando olhamos uma criança, vemos tanta pureza, e temos a plena convicção que serão salvas, pois ainda vivem o período da inocência, não é mesmo?! Mas hoje em muitos casos, na prática, a realidade é outra! O que vemos são crianças que descobrem a vida sexual precocemente. E então começo a refletir....se uma criança de 10 anos por exemplo, já tem uma vida sexual, e conhece tão profundo os pecados no corpo, ela não levará essa consequência até a eternidade?
1 Coríntios 6:18, Paulo diz: "Fugi da prostituição. Todo pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo." .........Em Gálatas 5:19, o mesmo Paulo diz: "Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia,.. os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus."
A Palavra de Deus é tão pura e santa, que nos enche de temor e nos constrange à uma vida de santidade!


Tempos Modernos
....Como os tempos mudaram, quando meus avós eram crianças, não tinham conhecimento sobre essa relação íntima entre homem e mulher, isso não fazia parte da infância! Quando é que meus avós assistiriam esses programas de TV que as crianças dessa geração assistem? Mas hoje nossas crianças assistem tudo, os reality shows, as novelas, os filmes, cheios de imoralidades, despertando precocemente o desejo sexual nos pequeninos...que eram pra estar brincando, estudando, sendo amados e protegidos no seio da família, e não nas rodovias e nem no escuro das praças da imoralidade......... Mas a vida moderna não permite! Amados, abramos nossos olhos, é uma estratégia de satanás, a ausência dos pais na hora da dúvida dos filhos é perigosíssima...a internet responderá, com suas imagens promíscuas, e os sites de relacionamento serão seus melhores amigos. Armadilha das trevas: em cada geração que nasce, a criança perde a inocência com menos idade, e com isso elas têm se tornado réu do inferno, já paraste pra pensar nisso????



A prostituição infantil 
Cresce assustadoramente, algumas crianças são obrigadas a se prostituirem, outras já fazem por escolha, e nenhum programa do governo por mais eficaz que seja conseguirá parar a ação das trevas. Mas você pode!!!!!!
Pais, acordemos, desliguemos nossa TV. Por mais bonitinha que seja a programação, satanás está lançando de alguma forma suas mensagens, e essas brotarão, se não impedirmos! Tiremos nossas crianças do orkut, do facebook e os levemos até Cristo, aleluia!!! Vamos fechar todas as brechas, estamos em meio a um combate, não é brincadeira!

Despertemos
Evangelistas infantis, vamos estudar mais, nos dedicar mais, orar mais, consagrar mais, pra que nossas palavras não sejam apenas superficiais, mas que tenham virtude pra libertar os pequeninos que o Senhor tem dado em nossas mãos. Amados, nossa estratégia tem que se melhor que a "Malhação".
As famílias estão sem estrutura, porém uma classe de boas-novas seria muito válido, um evangelismo também.....meditemos nisso! Criança ainda continua sendo criança, e precisamos resgatar a pureza da infância, e encaminhá-las até o céu, já que muitas delas estão sendo destruídas, na estrada pro inferno!!!!


EU QUERO FAZER ALGO MAIS SENHOR!
com carinho,
♥tia Josi♥